(At.2.1-4)
   OS VENTOS DE DEUS


Vento: (Hb.ruach; Gr.pneuma) vento, espírito, hálito, respiração.
• A natureza irrequieta e misteriosa do vento fascinava os povos.
• O vento influencia na vida de homens, plantas e animais:
Vento norte: trazia frio (Jó.37.9).
# Vento nordeste: dispersava as chuvas (Pv.25.23).
#Vento sul: trazia as tempestades de areias (Jó.37.17).
Vento leste: trazia tempestade e secas (Os.13.15).
#Vento oeste: trazia as chuvas do mediterrâneo ( 1Rs.18.44-45).
• O vento simboliza a ação do Espírito Santo de Deus.
               Como o vento de Deus trabalha:
I. Ele age com liberdade (Jo.3.8):
1) O vento é incontestavelmente livre.
 Não se pode freá-lo ou domesticá-lo.
2) O vento nunca esta parado.
 Vento parado não é vento, é apenas ar.
3) Isto fala da ação livre de Deus.
a) Deus tem liberdade de agir onde, quando e como quer.
b) A ação de Deus quebra regras e protocolos.
c) Ex: Eldade e Meldade (Nm.11.24-29)

II. Ele age com diversidades (1Rs.19.11-13):
 Elias estava na caverna deprimido.
1) Deus fez passar um vento grande e forte (v.11-12):
a) Lembrava a ação poderosa de Deus.
b) Ex: uma cana agitada pelo vento (Mt.11.7).
c) Porem Elias não conseguiu ver Deus.
2) Por ultimo Deus fez passar um cicio suave (v.12):
a) Relembrando o amor de Divino.
b) Elias consegue ter uma nova visão de Deus.

III. Ele age com vivificação (Ez.37.9-10):
1) Ezequiel vê um vale cheio de ossos secos (v.1-2):
a) Sem vida sem barulho.
b) Sem movimento espalhados.
2) Deus manda Ezequiel profetizar um grande vento (v.9-10):
 Vento esse que traria vivificação.
3) O vento chegou produzindo:
a) Unidade (v.7): os ossos se uniram
b) Renovação (v.8):
 Veio nervo: força.
 Cresceu carne: formosura, aparência.
 Estendeu pele: cobertura, proteção.
c) Mobilização (v.10): puderam-se de pé um grande exercito.

IV. Ele age com sustentação (Nm.11.30-32):
1) O povo queria carne: mas onde arrumar tanta carne?
2) O vento de Deus trouxe alimento (v.31):
a) Em abundancia (v.31): caminho de um dia.
b) Em facilidade (v.31): 2 côvados de alturas.
c) Em fartura (v.31): o que menos pegou tinha 10 ômeres.

V. Ele age com direcionamento (Ex.14.21):
1) O povo está em crise diante do mar:
 Tem horas que estamos em crise.
 Tem hora que estamos sem direção.
2) Deus agiu através do seu vento dando direção:
a) O vento de Deus abriu um caminho.
b) Caminho fala de acesso entre 2 lugares:
c) Da crise para a vitória.

VI. Ele age com revestimento (At.2.2):
1. O vento de Deus rompeu o silêncio (v.2):
a) Som de vento veemente e impetuoso: intenso, ardente, que leva carga.
b) O som do céu rompeu o silencio do cenáculo.
2. O vento de Deus preencheu o vazio (v.2):
a) Encher tada: Sig. Tornar cheio, preencher até o Maximo.
b) O vento de Deus nos preenche por completo.
3. O vento de Deus mudou o cenário (v.3-4):
a) As línguas de fogo: deram nova forma ao ambiente.
b) A ação do Espírito de Deus modifica o nosso ambiente.
4. O vento de Deus produziu poder para começar (v.3-4):
a) O revestimento nos dá força para começarmos.
b) Começarmos uma nova fase de vida.

Pr. Adriano U. de Mello
Dirigente - Setor - Monte Alegre

1 comentários:

arão - santa catarina minha história disse...

pastor, estava procurando algo de DEUS nos blogs e por surpresa encontrei o senhor...
que tanto admiro, um homem honrado por DEUS...
estarei aqui lendo e comentando os artigos do Senhor...